Visualizações de páginas no último mês

07 fevereiro, 2009

(...)

Hoje quero que se foda o amor fudido.Hoje faco questao esquecer tudo aquilo que ah de ti.Hoje nao quero sentir que senti tua falta .Hoje quero esquecer tudo aquilo que ficou por fazer .Hoje quero esquecer pela quantidade de vezes que perguntaram me por ti, e esquecer a quantidade de vezes que encolhi os ombros e nao saber O onde , nem como estas, nem com quem estas .Hoje quero esquecer que nos faltou um quase de tudo.Hoje quero esquecer o imaginar e deliracao do nosso suposto reencontro. Hoje quero esquecer da frieza das tuas palavras. Hoje quero esquecer da inumerada de vezes que fechei os olhos e acreditei em ti. Queria voltar para tras e querer o imposivel , Hoje e sempre (....) Ps: O texto nao tem nada ver com meu estado de espirito,e daquelas tais coisas que escrevemos e nao sabemos a razao, infelizmente nao sei que se passa comigo.

8 comentários:

Marta Rosa disse...

Pode não ser tarde demais. O amor supera barreiras.

As coisas boas não se esqecem.

Marta Rosa disse...

Claro, amor é msmo assim, amor.

P. disse...

Nao escrevemos o que pensamos , mas sim o que sentimos.

Claro que me podes chamar isso , minha Jessica *_*
Eu irei lutar , mas e se nao for o mais acertado a fazer ? =/

P. disse...

Eu vou lutar.

Eu também te quero bem minha Jessica .
Beijo grande.

Marta Rosa disse...

Mal. O (meu) menino foi-se embora.

Sheilla disse...

Sinceramente assustou me ler o que tu escreveste, ñ parece a jessica que eu conheço aquela que luta mesmo que á partida saiba que n á esperança ou talvez aja uma bem pequenina. Sinto te distante, e sei que não estas muito bem...

Tal como me disseste não DESISTAS..

As barreiras existem para serem ultrapassadas não para nos impedir de ir mais longe ... ès me muito e o teu bem é mesmo a minha unica felicidade ...

Marta Rosa disse...

Deixou-se sozinha neste mundo. Mas já está a voltar, a recomeçar a busca da felicidade comigo.

I . disse...

Tocou (...)
Belo texto :$